Kim e Kanye na capa da Vogue – Entenda o Motivo de Tanto Auê.

Kim e Kanye

Hoje a tarde quando fui dar uma olhada no Instagram, meu feed havia sido invadido pela foto e a noticia de Kim Kardashian e Kanye West na capa da Vogue América, a mesma coisa aconteceu com a minha time line do Facebook. A maioria dos comentários eram positivos e elogiosos mas, tinham alguns bem indignados com a presença do casal na capa da “Bíblia Fashion” mundial fotografados pela grande Annie Leibovitz.

Leitores fieis inundaram o Twitter da revista com comentários do tipo: “Vou comprar a revista só para poder queimar”, “Kim e Vogue não podem estar na mesma frase”, “Fui traída por Anna Wintour”, “Estou cancelando a minha assinatura” e outras coisas semelhantes. Simpatizantes do casal rebatem dizendo que pessoas bem menos famosas do que eles já estiveram na capa da Vogue, então por que eles não podem?

A própria Kim divulgou que era um grande sonho que estava sendo realizado, mas por que uma mulher tão famosa, que já ilustrou a capa de centenas de revistas estaria tão feliz com esta capa? A questão é que estar na capa da Vogue é como “chegar lá”, é como dizer que a pessoa é de fato talentosa e relevante em seu seguimento. E qual seria o seguimento de Kim? Esta é que é a pergunta pertinente. Pessoas bem menos famosas já estiveram na capa da Vogue, mas foram pessoas que se destacaram em uma interpretação, ou escrevendo um excelente livro, ou no seguimento musical, como diretor de cinema, sendo um grande estilista ou fotógrafo, ou uma fashionista impecável ou mesmo sendo uma grande modelo que ultrapassou os limites da passarela.  Kanye é músico e muitos comentários maldosos dão conta de que sua fama só aumentou quando ele interrompeu Taylor Swift no momento em que ela estava sendo homenageada com um Grammy anos atrás e com outras atitudes chamativas longe do universo musical. Kim e Kanye são famosos porque são famosos. Apesar de extremamente bem sucedidos e de atuarem em diversas áreas eles não possuem grandes talentos específicos e destacados, e ficaram famosos promovendo um extraordinário marketing pessoal, aliás talvez esta seja a categoria em que eles são destaque, e ai reside o motivo da ira de muitas pessoas.

A famosa editora da Vogue, Anna Wintour, divulgou comunicado desmentindo a fofoca de que Kanye havia lhe pedido e insistido para colocar Kim na capa e dizendo que foi ela quem decidiu pelo casal. Que os escolheu porque “eles são extremamente populares, definem a cultura do momento, agitam as coisas” e que ela quer que as pessoas “se vejam” nas paginas da revista. Kim e Kanye são o retrato da autopromoção, da exposição pessoal e de uma fama que se retroalimenta, coisa cada vez mais valorizada  e praticada nas redes sociais onde para muitos, o que mais importa é ser famoso.

O fato é que tudo que envolve o casal vira assunto e principalmente o que se refere a Kim, seu estilo, suas roupas, mudanças de cabelo e visual e até os homéricos erros fashion são divulgados a exaustão, e inclusive aqui no blog já usei vários looks dela como referencia para comentários, as vezes negativos, outras vezes positivos.

Foi a primeira vez  que uma hashtag apareceu na capa (dizendo que eles são o casal mais comentado do mundo) e Kanye é o quinto homem a aparecer na capa em toda a história da revista. Sabe quando se fala que determinada edição de uma revista é “histórica”? Pois é, esta já vai sair das prensas com este título.

Beijos, beijos

Cris

@crisknuttz

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta