Saia Midi Rodada – Como Usar

full-skirt

Tendência absoluta!! Peça obrigatória!!! A saia midi foi vista tanto na versão rodada como na ajustada, mas certamente o modelo rodado é o mais badalado no momento.

Nem sempre as peças mostradas nas passarelas das semanas de moda coincidem com o que foi usado pelas fashionistas que se fizeram presentes aos eventos, e é normal que isto aconteça, já que o que está na passarela é tendência e o que está nas ruas é moda. Mas, desta vez, teve uma peça que foi unanimidade e além de aparecer nas passarelas de várias marcas estreladas, apareceu no corpitcho das mulheres mais estilosas.

Saia Midi é aquela que cobre o joelho e pode ter vários comprimentos até a altura do tornozelo. Do final da pantorrilha até o tornozelo também pode ser chamada de longuete, mas as regras de uso são as mesmas.

Selecionei alguns looks inspiração e TODAS as fotos deste post foram feitas nas recentes semanas de moda de New York, Milão, Londres e Paris.

Não podemos negar que este modelo de saia nos remete aos anos 50, ao “New look” criado por Christian Dior, e ao estilo lady like que justamente como o nome diz, é bem feminino, criado a partir de peças clássicas e elegantes e que muitas vezes passa uma imagem mais formal e senhoril.

A nova onda da saia rodada não precisa ter esta pegada de “roupa de senhora”, atualmente muitos materiais diferentes como o couro, e tecidos artesanais cheios de bordados e padronagens diferenciadas e também a mistura da saia clássica com outras peças mais modernosas criam looks bacanas e joviais.

Veja a foto acima: Mira Duma escolheu uma saia de couro e complementos neutros, Eva Chen combinou uma jaqueta modernosa com cropped de couro à sua saia de estampa “manchada” e ficou perfeita. A moça da direita quebrou o estilo clássico e deu um ar moderno com a jaqueta de couro. Na foto abaixo, o couro domina a cena.

Formulei algumas dicas para que você use sua saia rodada sem medo.

Dica Nº1: A cintura deve ser sempre marcada. Como a saia é volumosa, você corre o risco de ficar meio desforme caso não a sinalize. Para parecer mais alta, você pode inclusive usar saias de cintura alta, que criam a impressão de pernas mais longas. A linha da cintura pode  ficar no lugar correto ou um pouco acima, nunca use abaixo. Marque a cintura com cintos, faixa tipo obi, correntes de metal, o que você quiser. Se você for baixinha, prefira os cintos de tonalidades próximas a da saia e que não sejam muito largos para não cortar visualmente sua imagem.

Dica Nº2: Use salto. Este é um detalhe muito importante. A saia midi tende a “cortar” visualmente a perna e pode fazer você aparentar mais baixa, por isso, se possível use salto. Sapatos nudes ou da cor da saia são as melhores opções, principalmente se não houver amarrações no tornozelo. Sandálias de plataforma são excelentes para o dia a dia, já que acrescentam alguns centímetros com conforto.

Se você quer criar um look mais moderno, escolha botinhas de cano curto, sandálias tipo gladiadoras e com amarrações subindo pelo tornozelo, algo bem diferente.

Veja a foto abaixo: A gladiadora e o maxi colar deixaram o look da esquerda modernérrimo. Heleninha Bordon optou por seguir o estilo clássico, mas usou o cabelo meio bagunçado e um óculos fashion. E esta sandália? Linda demais!

Dica Nº3. Use com blusas de pouco volume. Entenda, a saia já tem volume suficiente e é sempre bom pensar na lei da compensação. Para aparentar mais alta, prefira blusas ajustadas. Você pode usar vários tipos de blusas, gosto especialmente das camisas masculinas abertas até o 3º botão, e das blusas com gola canoa ou gola alta. Evite os corselets e as blusas tipo cigana com aquele decote caindo nos ombros. Para um visual mais moderno, coordene com uma camiseta ou adicione um acessório bem chamativo que “grite” modernidade.

Na foto acima, a camisa jeans e a saia de couro criam um look bem atual, abaixo, um prosaico nozinho tira a seriedade e o moletom faz uma parceria bem legal.

Dica Nº4: Procure por padronagens e tecidos diferenciados. É claro que uma saia escura de tecido encorpado ou de renda podem se tornar coringas no seu armário, mas se você quer fugir dos looks tradicionais, escolha modelos que tenham um charme diferente.

Apesar da saia Burberry de Samantha De Reviziis ter uma pegada tradicional, ela soube coordenar outros elementos, como a clutch pink e o óculos para tirar a saia do sério.

Se inspire em Andrea Bogdan que declarou que sua saia listrada é vintage e procure no fundo das gavetas de seu armário e quem sabe, no de sua mãe, e talvez você encontre uma peça bem legal como esta.

Camila Coutinho do Garotas Estúpidas, arrasou em Paris com este conjunto de saia e blusa de tricô da Coven. A camisa de couro ByNV deu o toque final. Olha aí o que eu falei do sapato nude!

Se você gosta de peças estampadas, escolha uma padronagem diferenciada, como as da foto abaixo.

Suki Waterhouse escolheu uma saia de padronagem gráfica da Dsquared2 e combinou com camiseta cavada de seda e sapatilhas.

Dica Nº5: Evite blusas por fora da saia, que podem criar um volume indesejado e “achatar” sua imagem. Só use a blusa por fora se ela for ajustadinha e modelar o corpo como na foto abaixo, ou se a saia for do tipo “A”, mais ajustada no quadril, e mesmo assim, sinalize a cintura. Se você for usar um blazer ou jaqueta, prefira os modelo mais curtos e no tamanho proporcional, nada de blazer over sized!

Você sabe que eu amo listras, será que eu gostei muito ou muitíssimo dos looks abaixo? Adorei o detalhe da clutch de oncinha do look da direita.

Um dos looks do post que mais parece comigo é o da foto abaixo. Muito amor por esta saia e pelos acessórios, que inclusive eu tenho quase idênticos, só mudaria a cropped por uma blusinha que ficasse por dentro da saia, porquê eu não sou lôka e sei muito bem que blusinha cropped só combina com barriga malhada, e apesar da minha estar até bem legalzinha, não gosto de sair exibindo por aí. kkkkkkkkkkkkk

Nicole Pinheiro do The Fashion Hall, usou uma saia da Zara quase idêntica a da foto acima, mas com uma proposta bem diferente, super chic e também moderna, já que ousou no lindo mix de estampas. O blazer capotante de lindo é Daslu.

Se você não é bem uma sílfide, procure por esta modelagem de saia, que fica perfeita tanto para quem está com o corpo em dia como para quem quer evitar o acréscimo de qualquer tipo de volume.

Saia branca é um negócio perigoso: Se não for na modelagem exata pode engordar, fazer você parecer uma debutante, ou uma vendedora de acarajé. Se inspire nas moças da foto acima para ser a mais chic da festa: Silvia Braz encarou o branco total com blusa de renda, maxi colar, clutch colorida, sandália nude e ficou super elegante, a moça ao centro adotou o animal print que fica lindo com branco e Anya Ziourova está mortinha de chic com o detalhe preto da blusa e esta sandália arrasante.

Na foto acima, mais inspirações para no caso de você querer se arriscar com a saia branca e até porquê o look preto e branco está em alta e é sempre chic. Cropped para as malhadas, moletom para as descoladas. Ulyana Sergeenko sempre encontra um jeito de criar algo inusitado, como neste look onde a bota de couro faz uma improvável parceria com peças de renda.

Lembre dos princípios básicos; cintura marcada, salto e blusa sem volume, acrescente seu gosto e estilo pessoal e se jogue na saia midi rodada.

Para mais dicas e looks veja o post Saia Midi Rodada – Parte 2 – Mais Dicas e Looks Inspiradores.

Beijos, beijos.

@crisknuttz. 

 

Gostou deste post? Veja estes outros!

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta